Release

RAIZEIROS, nasce do desejo do cantor e compositor Marcos Fabri (vocalista dos Raizeiros) lançar um novo conceito do sertanejo e cantar, e contar a história da música raiz brasileira.

Decidi ir em busca de toda a história, voltar ao inicio de tudo, ir de encontro com a essência e a base da nossa música raiz sertaneja, foram mais de 5 anos de pesquisas e estudos sobre a cultura musical caipira, conta “Fabri”.  O show Raizeiros traz composições  inéditas, e também faz homenagem aos poetas e interpretes da música sertaneja raiz, e em especial ao nosso bandeirante Cornélio Pires, jornalista, compositor, escritor, cantor, empresário e apaixonado pela vida do homem do campo, foi o responsável pela criação da música raiz, gravando e bancando com dinheiro do próprio bolso o primeiro disco de música raiz no Brasil gravado em 1929 pela gravadora Columbia, com duas canções – “Jorginho do Sertão” e “Como Cantam Algumas Aves”, disco que hoje encontra-se em posse do grupo Raizeiros.

Criadores do Sertanejo Clássico, o grupo rio-pretense Raizeiros tem três anos de estrada e oito de idealização. Composto por oito integrantes, sendo sete músicos e um narrador, com um cenário clássico, no palco os músicos usam figurino inspirados nas vestimentas do final do século XIX e início do século XX, época em que o Brasil se baseava na elegância e sofisticação da moda europeia, conhecida como período “Eduardiano” na Inglaterra e “Belle-Epoque” na França, assinado pela estilista Cássia Guimarães.

Com violões, violas, harpa, percussão, bateria, contra baixo e vozes afinadíssimas, o show é diferente dos convencionais. É praticamente um espetáculo. Além de todo o cuidado e poesia nas composições e  nas releituras dos clássicos sertanejos, temos um narrador que conta trechos da história de mais de 100 anos da música raiz, conta o idealizador do Raizeiros “Marcos Fabri”.

Primeiro Álbum – “De Volta Pro Meu Sertão”

Nem só de clássicos sertanejos  vivem os Raizeiros. Neste mês de Novembro-2015, o grupo lança seu primeiro CD de música sertaneja clássica. O álbum intitulado como “De Volta Pro Meu Sertão”, mesmo em 2015, nós continuamos a falar sobre a cronologia do homem no campo e do ser humano de um modo geral, mas com muita expressão poética, para que as pessoas sintam que estão sendo preenchidas musicalmente”, conta Fabri. Depois de lançar o álbum, o grupo Raizeiros segue em turnê por todo o Brasil.

RAIZEIROS

Vocalista – Barítono Marcos Fabri
Harpa e voz – Arsênio Nuñez
Percussão – Mestre Boca
Viola, violão e voz – Marcel
Violão, Viola e Guitarra– Gustavo Paulucci
Baterista – Marco Mourão
Contra-baixo – Valter Furlaneto
Narrador – Manoel Neves